Plano Mr. Trump

Parece inevitável a não eleição do senhor Trump para a presidência dos Estados Unidos da América, e assim passa a ser miragem que um grupo de Cowboys venha a tomar de assalto a Casa Branca. 
É óbvio que as eleições americanas nos afetam em todos os sentidos ainda que a maioria do seu povo desconheça a nossa existência.
Não podemos permanecer indiferentes aos acontecimentos dos últimos dias, às declarações do candidato Republicano mas sobretudo às promessas. Lembro a ambição de construir muros, expulsar pessoas e promover alianças duvidosas. Na base incomoda a proliferação do seu ar cowboy bem ao estilo: ” I will do it no matter what, why and when”. 
As declarações inflamadas daquele septuagenário mulherengo parecem ir ao encontro das nossas necessidades. Mister Trump é exímio em dizer cirurgicamente tudo aquilo que o povo não quer ouvir e simultaneamente não consegue ignorar despertando em nós revolta e, sobretudo, atenção sobre ele. 
Estou convencido que a derrota eleitoral irá tornar este candidato num homem ainda mais rico, basta recordar todas as horas de publicidade e visibilidade gratuita que tem vindo a usufruir. Atualmente a sua imagem estará no topo das personalidades mais reconhecidas em todo o mundo. E, como diz o ditado:” mal ou bem importante é que falem”. 
Talvez tudo seja um esquema ao bom estilo de Hollywood onde no final o objetivo não é quem ganha as eleições mas antes quem leva os milhões. 

Tristão de Andrade 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


× 2 = doze